Ninguém é uma ilha

“Muitos dos que estão em postos de comando, que ocupam cargos de responsabilidade, têm pouca consciência ou nobreza de caráter. Eles podem exercer sua autoridade, até mesmo para a destruição dos que lhe estão sob as ordens. Isso é ignorado. Estes comandantes podem abusar do poder a eles dado, e fazer com que seus subrodinados ocupem posições perigosas, onde estariam expostos a encontros fatais com os rebeldes sem a menor esperança de vencê-los. Assim podem desfazer-se de homens corajosos e conscienciosos, a exemplo do que Davi fez com Urias (2Sm 11:14,15; Testemunhos Para a Igreja, v.1,p.255).

Trabalho judicioso é indispensável tanto para a felicidade como para a prosperidade de nossa raça. Ele torna forte o que é fraco, corajoso o que é tímido, rico o que é pobre, e feliz o que é infeliz. Nossos diversos encargos são proporcionais a nossas várias habilidades e Deus espera resultados correspondentes aos talentos que Ele deu a Seus servos. Não é a grandeza dos talentos que determina a recompensa, mas a maneira pelas qual são usados –  o grau de fidelidade com que são realizados os deveres da vida, quer sejam grandes ou pequenos.

A ociosidade é uma das maiores maldições que podem incidir sobre o homem pois o vício e o crime seguem em sua esteira. Satanás está à espreita, pronto a apanhar de improviso e destruir os incautos cuja ociosidade lhe dá a oportunidade de captar a amizade deles, sob algum disfarce atraente. Ele nunca é mais bem-sucedido do que quando se acerca dos homens sem suas horas vagas (Este Dia com Deus [MM 1980],p.131).

Levem um livro para ler enquanto viajam… Empreguem todo momento vago em fazer alguma coisa. Assim, uma porta eficaz se fechará a milhares de tentações. Tivessem o rei Davi se empenhado em algum trabalho útil não terias sido culpado de assassinar Urias. Satanás está sempre pronto para ocupar aquele que não se ocupa (Grifo nosso(Testemunhas Para a Igreja, v.4, p.412).

Fonte: Comentários de Ellen G. White sobre a Lição da Escola Sabatina dos Adultos, Figuras dos bastidores, p.39 e 40.

Tags: , , , ,


%d blogueiros gostam disto: