Exemplos bíblicos de oração intercessória

Jesus deixou grandes exemplos de oração intercessória. Talvez o maior deles se encontre em João 17, quando orou por Seus discípulos e por todos os que viessem a crer em Sua mensagem. Daniel, no capítulo 9 de seu livro, também faz uma bela oração em favor de seu povo cativo em Babilônia.

No caso de Sodoma e Gomorra, Abraão conseguiu que Deus reduzisse para dez o número de justos necessários para que Ele salvasse essas cidades. Ló, o sobrinho do patriarca, escapou por pouco com as filhas. Este relato, que se encontra em Gênesis 18, mostra Deus expondo Seu plano para Abraão, como que o “provocando” para interceder pelas cidades ímpias.

Outro caso semelhante é o da intercessão de Moisés pelos hebreus. Enquanto o povo recém-liberto do Egito adorava o bezerro de ouro construído por Arão, Deus dialogava com Moisés, no alto do Monte Sinai (ver Êxo. 32:9-14). Deus propõe destruir o povo e fazer dos descendentes de Moisés uma grande nação. Moisés intercede pelos israelitas, e Deus Se arrepende ou muda de idéia.

Comentando este incidente, a escritora Ellen White diz que Moisés entendeu que as palavras de Deus para Moisés deixá-Lo destruir o povo não proibiam, mas, ao contrário, incentivavam a intercessão, implicando que somente as orações de Moisés poderiam salvar Israel.

É claro que o arrependimento divino não tem nada a ver com o humano. O verbo hebraico usado aqui é naham, diferente do verbo usado para descrever, por exemplo, o arrependimento do povo. Naham pode significar também “ter compaixão” ou “ter piedade”, o que faria melhor sentido neste contexto. Mas o que impressiona mesmo é o fato de que Deus respeita o livre-arbítrio humano e jamais age na vida de alguém sem que haja autorização.

E aí que entram os intercessores. É como se, ao pedirmos a Deus por alguém, O estivéssemos autorizando a atuar. Talvez por isso os cristãos sejam orientados a interceder por todas as pessoas (I Tim. 2:1). Existe poder na oração intercessória, porque é desinteressada. Ela se concentra nos outros. Afirma o poder de Deus para intervir na vida alheia. “A oração de um justo é poderosa e eficaz”, diz Tiago (5:16, NVI).

Fonte: Michelson Borges

E então,você ainda duvida do poder da oração intercessória? Participe da campanha: Kayla, eu oro por você! Seja você um intercessor hoje.

 Deus seja louvado!

Anúncios

Tags: , ,

Uma resposta to “Exemplos bíblicos de oração intercessória”

  1. Roberto Mascarenhas Says:

    Que o Senhor ouça as nossas orações!

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: