Além das orações comuns

“…Vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas essas coisas.”

Mateus 6:32.

“Em Mateus 6:31 a 33, Jesus nos ensina a não nos preocupar com as necessidades básicas da vida: o que comer, beber ou como nos vetir. Jesus não disse que nossas coisas não são importantes para o Pai ou que não deveríamos pedir que ele suprisse nossas necessidades. Jesus afirma que nosso Pai do céu já sabe o que precisamos até antes de lhe pedirmos. Além de conhecê-las, nosso Pai promete suprí-las todas da mesma maneira que ele supre as necessidades das aves. Quando chegamos diante do Pai não necessitamos bombardeá-lo com nossas necessidades primárias. A grande lição desses versos é a nossa prioridade na oração. Não podemos deixar que a nossa mente se preocupe ou se aborreça com as necessidades básicas da vida. A preocupação é pecado, porque na sua raiz existe uma falta de fé no amor do Pai por nós, ou medo de que ele deixe de prover para as nossas necessidades. Quando oramos não precisamos tentar forçar um Deus relutante a ouvir-nos com a urgência das nossas palavras. A chave para termos nossas necessidades supridas encontra-se nas palavras de Jesus em Mateus 6:33: “Mas buscai primeiro o reino de Deus, e sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”. Quando sabemos que o Pai nos ama e está ciente de nossas necessidades, estabelecemos o nosso foco em buscá-Lo. Nossa prioridade ao orar estará no Pai e em ver que sua vontade e seu plano sejam cumprdos na nossa vida e na terra. A oração que vai além do comum é muito mais do que pedir coisas para Deus. É um relacionamento vivo com Deus. A partir daí passamos a buscar o Senhor das coisas, não apenas as coisas do Senhor.”

Fonte: Pr. Itaniel Silva

Anúncios

Tags: , , , , ,


%d blogueiros gostam disto: