Modelo de amabilidade

“Os dons generosos de Deus são apenas isto: dons generosos. Eles não são merecidos por nenhum dos seres humanos, os quais pecaram voluntariamente contre Ele, ignorando-O ou O abandonando. Neste sentido, o maior pecador e o santo mais perfeito estão no mesmo barco: nenhum deles merece a benignidade e generosidade que Deus nos dá a todos.

Com os versos de Mateus 5:43-48, Jesus nos chama a ser “perfeitos”, tão perfeitos quanto Deus. Como assim? Amando os inimigos, orando pelos que nos maltratam, sendo amáveis para com os que não são amáveis para conosco. Foi assim que Jesus definiu o que é ser “perfeito”. Imagine como seria nossa igreja e nossos lares se morrêssemos para o eu a ponto de vivermos realmente assim! Teríamos um poder e um testemunho contra o qual as portas do inferno nunca poderiam prevalecer. Qual é a única coisa que nos impede? Nada além de nosso coração pecaminoso, vingativo que frequentemente, nos faz agir como ‘publicanos’ “.

Fonte: Lição da Escola Sabatina de adultos, domingo, 31 de janeiro de 2010.

Tags: , , ,


%d blogueiros gostam disto: