Questão de Peso

Boa forma não é apenas estética
É tudo muito automático. Você chega em casa “morto” de fome e, em sete minutos, descongela uma lasanha no microondas. Para beber, um copo gigante de seu refrigerante preferido. Na seqüência, também saem do congelador direto para o microondas – essas caixas mágicas – uma pizza de chocolate, logo coberta com algumas bolas de sorvete. Você consome tudo isso, claro, sentado em uma confortável poltrona, assistindo a um programa qualquer na TV, daqueles feitos para dar sono logo após o término dessa “orgia gastronômica”. Graças à modernidade, hoje é mais fácil se alimentar. Que o digam aqueles universitários que moram sozinhos ou em repúblicas de estudantes. Não dá para negar que isso seja bom em termos de praticidade, mas há também muitas conseqüências negativas para sua saúde. Entre elas, a recente explosão de obesidade na adolescência, carregada para a vida adulta, e mais umas lista enorme de conseqüências devastadoras.

A obesidade, além de causar deformidades corporais de alto impacto estético, também provoca graves distúrbios metabólicos. Isso acontece, especialmente, quando a sua distribuição é central, concentrada nas vísceras do abdome e tórax. Essa gordura afeta diretamente o funcionamento de vários órgãos e pode motivar problemas cardíacos, arteriais e respiratórios. Isso sem falar nos transtornos de comportamento, como bulimia, anorexia e até mesmo depressão.

Há muitas medicações sendo desenvolvidas ou já largamente utilizadas no combate à obesidade. Mas, convenhamos, é muito melhor evitar que esses males apareçam. Se você levar em conta o preço dos remédios e seus efeitos colaterais, vai perceber que fazer a sua parte e escolher uma vida saudável não custa assim tão caro.

DICAS PARA MANTER UM CORPO EM FORMA

> Valorize cereais e vegetais crus à sua alimentação.
> Abuse das frutas no seu cardápio.
> Procure comer menos à noite. Como você consome menos energia, o organismo absorve mais calorias.
> Coma devagar. A sensação de saciedade será muito maior.
> Evite alimentos congelados e industrializados.
> Verifique os rótulos dos alimentos que você compra. Dê preferência àqueles que são isentos de gordura trans.
> Fuja de cafeinados e carnes, especialmente as vermelhas.
> Pra que falar do açúcar? Como ninguém é de ferro, permita-se pequenas fugas apenas aos fins de semana.
> Não coma para aliviar a ansiedade. E nunca, jamais, coma entre as refeições.
> Pratique exercícios regulares, ao menos três vezes por semana. Os aeróbicos (ciclismo, esteira, natação etc.) são os mais indicados para quem quer emagrecer.
> Mantenha uma postura física correta.
> Tenha momentos regulares de leitura e meditação.

Valéria Peixoto Meira é endocrinologista e autora do livro Sexualidade Plena (Casa)

Tags: , , , ,


%d blogueiros gostam disto: