Continue avançando

sigue adelanteA vida tem seus altos e seus baixos. É a triste realidade. Por mais que você queira estar bem todos os dias, não é possível, apesar de estar bem com Deus. Dá a impressão de que as coisas a sua volta não funcionam, não encaixam e fogem do seu controle. Então aparece na sua mente a idéia de que algo anda mal com você e vem a pergunta: O que tenho de errado?

Isto não acontece somente com você, acontece também comigo e acontecia com os gigantes do evangelho com Paulo. A vida de Paulo é uma lição para nós hoje. Parece que tudo andava uma maravilha com ele, quando de repente o seu ânimo sumia e até desejava morrer. Na primeira epístola aos Corintios 1:18, por exemplo, o Apóstolo expressa: “Irmãos não queremos que ignoreis acerca da tribulação que nos veio na Ásia, pois fomos abrumados em grande modo, alem das nossas forcas, que ainda perdemos a esperança de conservar a vida.”.

É impressionante este clamor de Paulo, é dramático, comovente, mas ao mesmo tempo, contraditório como pareça ser, é animador. Porque se o gigante espiritual Paulo, sentiu em algum momento vontade de morrer, por que não poderia acontecer à mesma coisa comigo, diante das adversidades da vida? Mas o que me impressiona de Paulo é que quando chegou ao fim dos seus dias, escreveu uma carta a seu discípulo Timóteo, dizendo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.” Em outras palavras: “Venci.”.

Enquanto você viver neste mundo de pecado, muitas vezes sentirá que não tem forças, experimentará o desânimo e ficará triste, apesar de ter Deus ao seu lado. Por quê? Porque ainda carrega a natureza pecaminosa e embora tudo esteja bem, ela fará você sentir que está mal. Portanto, não lhe faça caso, não lhe preste ouvidos, continue avançando embora sinta que os seus esforços são inúteis. Não desanime. Não pare, não se detenha, mesmo que os seus pés sangrem e sinta que as forças o abandonaram. A vida é uma batalha e em toda batalha existem feridos. Apesar disso, a vitória é certa, porque o seu Deus é um Deus que não conhece derrota. Até a próxima!

Fonte: Alejandro Bullón

Tags: , , , ,


%d blogueiros gostam disto: