Ouçam-no!

onda

Jesus e Seus discípulos já estavam juntos na estrada havia algum tempo quando Ele lhes perguntou o que andavam dizendo dEle por aí. Depois que eles dissessem as hipóteses que circulavam pela boca do povo, perguntou: e vocês? O que dizem que sou? A resposta de Pedro foi aplaudida por Jesus: o Cristo de Deus. Era tempo suficiente para identificá-lO devidamente. Não se tratava de um profeta, meramente, Jesus era, seguramente, o Cristo de Deus.

Oito dias depois, Pedro, Tiago e João estavam no monte onde o semblante de Jesus se transformou e Sua divindade transbordou para fora da casca. Sua glória irradiou. Que espetáculo deve ter sido… Uma nuvem envolveu a Jesus , Elias e Moisés, e os discípulos atônitos ouviram “uma voz que dizia: `Este é o meu Filho, o Escolhido; ouçam-no!'”

Ouçam-no.

Talvez você já tenha andando com Jesus por algum tempo. Talvez já seja tempo suficiente para saber Quem Ele é. Talvez você já possa identificá-lO como mais do que um líder místico qualquer, como mais do que o pretexto para estar numa igreja e para tomar parte nos ritos dela. Talvez você já O tenha identificado como o Cristo de Deus, Aquele criou a realidade que conhecemos e que a redimiu. Bem, nesse caso a advertência feita pelo próprio Deus Pai naquela nuvem é útil para você também: ouça a Jesus. Pare de selecionar as palavras dEle que melhor lhe convém. Pare de dar a elas o significado que você acha mais confortável ou que lhe parece mais razoável.

Porque o capítulo 9 de Lucas, que descreve as duas cenas mencionadas acima, continua, e mostra Jesus dizendo: “O Filho do homem será traído e entregue nas mãos dos homens’. Mas eles não entendiam o que isso significava… Começou uma discussão entre os discípulos acerca de qual deles seria o maior…” (versos 44-46).

Embora o próprio Deus haja advertido para que eles ouvissem o que Jesus dizia, os discípulos se mostraram aferrados demais aos seus sonhos de grandeza. Apegados demais à imagem que faziam de Jesus e de Deus e à ideia que faziam do que Eles gostariam que fosse feito. E, nessa situação, até uma informação clara e cristalina como “Eu vou ser traído e morto” poderia ser mal interpretada ou não compreendida.

Meu Deus, suplico humildemente que me ajudes a ouvi-lO. A entender Suas palavras, Sua direção em minha vida, Sua vontade. A abrir mão de meus próprios sonhos e minha visão do que é bom, pertinente, próprio e desejável para poder conhecer qual é a Sua vontade real. Amém.

Marco Aurelio Brasil, 1/5/09

Você tem ouvido a voz de Jesus diariamente?

Anúncios

Tags: , , , ,


%d blogueiros gostam disto: